Bebeteca

O programa Bebeteca proposto pel’O Som do Algodão pretende despertar a curiosidade dos mais novos para a leitura infantil através da arte.


Trilogia | Ovo. Ninho. Voar

cartaz-ovo2

O ovo é o início. É a primeira casa, é o calor que fermenta a vida, a explosão da expulsão. O primeiro grito, os olhos que se abrem, as asas coladas ao corpo. O Som do Algodão propõe uma primeira experiência em que os bebés e as suas famílias vivem a experiência do ovo, do nascimento, o início de tudo. A partir da adaptação do livro “Um Bicho Estranho” (ed. Kalandraka), esta promete ser uma viagem “sem fim”. Um conto para contar, onde a rima e o ritmo despertam os sentidos dos participantes, num jogo que pede a interação de todos na descoberta deste “ovo” que se transforma, que se desdobra em novas histórias a cada página. E, roda-se o ovo, e a história continua. Sensações, músicas e histórias para descobrir num “ovo” que é um casulo de emoções.

Três espetáculos que se desenvolvem em torno do tema AVES. Aquele que voa, aquele que faz o seu ninho, aquele que ensina a voar, aquele que aprende, aquele que emigra, aquele que regressa. Para bebés a partir dos 3 meses.

O programa Bebeteca proposto pelo coletivo O Som do Algodão é desenhado, em exclusivo
para a primeira infância. Uma experiência sensorial, performativa e sonora para partilhar entre famílias. Um berço criativo onde se juntam bebés, pais e sensações. A pele, o som, a curiosidade, a vontade de viajar. Um mundo novo onde se ganham asas, onde se aprende a voar, onde se lançam novos voos e se abrem caminhos a novas experiências. Este projeto inclui três sessões que se desenvolvem em torno do tema AVES. Aquele que voa, aquele que faz o seu ninho, aquele que ensina a voar, aquele que aprende, aquele que emigra, aquele que regressa.
Experimentação sonora, performance criativa, expressão dramática e experimentação coreográfica encontram-se para estimular vínculos e afetos e a curiosidade pela experiência artística vivida no casulo familiar.

Que histórias conta a lua?

13680345_1124595987601870_190137960735997739_o

E quando o sol se põe e a lua se ergue no firmamento há histórias que brotam. São enredos de magia, manos papões, lobos que bailam sob as estrelas, mochos velhos e crocodilos desdentados. Sons que se cruzam nas noites estreladas, o aconchego da voz suave, dos jogos de palavras e dos olhares. “Que Histórias conta a Lua?” são pequenos contos em que as personagens mais inesperadas nos revelam o seu universo mais oculto. São histórias de gente e de bichos, músicas e poemas que se prolongam no anoitecer lento. Para bebés e famílias sonhadoras.

BZZZ! A Casa da Mosca Fosca

12983901_1064047020323434_2084797083708969669_o

A partir do livro A casa da Mosca Fosca, os bebés serão envolvidos por lengalengas e onomatopeias despertadas por personagens estranhas como o Morcego Ralego, o sapo Larapo, ou o Urso Lambeiro, entre outros. No fundo, todas estas personagens fazem parte de uma festa em casa da Mosca Fosca: sete assentos, sete pratos e sete animais… alguém bate à porta. Quem será que aí vem?

A Formiga Horripilante

14242245_1167404196654382_6091841968088226135_o

Era uma vez uma formiga horripilante, que era muito, mas mesmo muito feia. Todos os outros bicharocos também eram feios, mas ela era de longe a mais feia de todos… Uma história envolvente que fala sobre as belezas da diferença e recheada de diversão para todos os bebés e as suas famílias.

A Formiga Horripilante é uma leitura recomendada pelo Plano Nacional de Leitura para a Educação Pré-Escolar.

Trilogia | Ovo, Ninho e Voar

cartaz-ovo2

O ovo é o início. É a primeira casa, é o calor que fermenta a vida, a explosão da expulsão. O primeiro grito, os olhos que se abrem, as asas coladas ao corpo. O Som do Algodão propõe uma primeira experiência em que os bebés e as suas famílias vivem a experiência do ovo, do nascimento, o início de tudo. A partir da adaptação do livro “Um Bicho Estranho” (ed. Kalandraka), esta promete ser uma viagem “sem fim”. Um conto para contar, onde a rima e o ritmo despertam os sentidos dos participantes, num jogo que pede a interação de todos na descoberta deste “ovo” que se transforma, que se desdobra em novas histórias a cada página. E, roda-se o ovo, e a história continua. Sensações, músicas e histórias para descobrir num “ovo” que é um casulo de emoções.

Três espetáculos que se desenvolvem em torno do tema AVES. Aquele que voa, aquele que faz o seu ninho, aquele que ensina a voar, aquele que aprende, aquele que emigra, aquele que regressa. Para bebés a partir dos 3 meses.

O programa Bebeteca proposto pelo coletivo O Som do Algodão é desenhado, em exclusivo
para a primeira infância. Uma experiência sensorial, performativa e sonora para partilhar entre famílias. Um berço criativo onde se juntam bebés, pais e sensações. A pele, o som, a curiosidade, a vontade de viajar. Um mundo novo onde se ganham asas, onde se aprende a voar, onde se lançam novos voos e se abrem caminhos a novas experiências. Este projeto inclui três sessões que se desenvolvem em torno do tema AVES. Aquele que voa, aquele que faz o seu ninho, aquele que ensina a voar, aquele que aprende, aquele que emigra, aquele que regressa.
Experimentação sonora, performance criativa, expressão dramática e experimentação coreográfica encontram-se para estimular vínculos e afetos e a curiosidade pela experiência artística vivida no casulo familiar.